Produção a partir de bobinas de inox

Apenas uma célula
para uma produção dupla


Situação inicial

Graças à sua excelente capacidade de conduzir calor, resistência à corrosão e maleabilidade, o cobre sempre foi o material mais usado para produzir tubos dobrados e moldados para os componentes hidráulicos mais comuns dos sistemas de aquecimento e ar condicionado.

No entanto, o aumento de seu preço está levando muitos fabricantes de sistemas térmicos a avaliar o uso de tubos dobrados e moldados em aço inox, um material cuja maior resistência mecânica, no entanto, implica porém uma desvantagem em termos de ritmos de produção, viabilidade das geometrias realizáveis, qualidade e precisão dos trabalhos obtidos.

Impacto

Para poder realizar a transição para tubos dobrados e moldados de aço inox, é necessário um sistema que possa trabalhar tubos de aço inox em bobina , com eficiência, precisão e viabilidade mesmo com as peças cuja geometria particularmente complicada.

Essa é a condição necessária para que as vantagens econômicas da "transição ao aço na produção de sistemas térmicas" sejam completamente assimiladas.

soluzione

A solução

O compartimento de processamento robotizado do BLM GROUP produz dois lotes distintos de peças complexas e de alta precisão, dobradas com alma e modeladas em ambos os lados a partir de uma única bobina de tubo de aço inox.

Esta solução garante a máxima eficiência possível, pois elimina os produtos os semiacabados a serem movimentados ou armazenados; permite realizar em paralelo as operações de dobra e modelagem na primeira e segunda extremidades do tubo, realiza o controle dimensional da modelagem em linha em 100% das peças produzidas, graças ao sistema 4RMEASURE.

As vantagens

  • Processamento em modo extremamente eficiente e preciso de tubos de aço inox, a partir de bobinas e dobrados com alma.
  • Simplificação da logística com a eliminação de passagens intermediárias e da retomada da peça em outros equipamentos.
  • Controle dimensional em linha de 100% das peças produzidas, graças ao sistema de medição na linha da modelagem: 4RMEASURE.
  • Redução do tempo de ciclo e do custo da peça, graças à execução dos processamentos em tempo mascarado.

Aspectos técnicos

  • Layout extremamente compacto.
  • Integração de sistemas padrão seja no que tange o hardware que o software, reconfiguráveis no futuro para uso stand-alone.
  • Processamento de qualquer material: não apenas alumínio e cobre, mas também ferro e aço inox.
  • Acabamento estético da peça acabada, sem sinais de bloqueio.
  • Produção de dois ou mais lotes simultaneamente.